UCS Professor francês Jean-Claude Régnier recebe título de Doutor Honoris Causa


UCS Professor francês Jean-Claude Régnier recebe título de Doutor Honoris Causa

Matemático é professor visitante do Programa de Pós-Graduação em Educação na Universidade de Caxias do Sul.

Foi destacando a atuação inovadora do professor Jean-Claude Régnier no processo formativo dos estudantes desde os anos 1970 – quando o matemático foi um dos pioneiros a introduzir, no Ensino Médio francês, a Pedagogia da Escola Moderna, “que propõe uma educação voltada para a democracia, em prol da formação de um ser social, capaz de viver plenamente junto à coletividade” – que o reitor da UCS, Evaldo Kuiava, exaltou a concessão do título de Doutor Honoris Causa ao homenageado.

“Concordamos com o professor Jean-Claude Régnier: a Educação não deve ser tratada como mercadoria; bem como entendemos que nós, docentes, não devemos assumir um comportamento de linha de produção, mas voltar o nosso fazer didático para a formação humana de nossos estudantes, capaz de torná-los verdadeiros cidadãos e pessoas éticas”, sustentou o reitor, no discurso proferido na sessão solene do Conselho Universitário (Consuni) para entrega da outorga, realizada na manhã desta quinta, 14 de dezembro.

O homenageado

Jean-Claude Régnier, 67 anos, é professor titular e pesquisador da Universidade de Lyon 2, da França, e professor visitante no mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação da UCS desde 2007, onde ministra o Seminário Especial: métodos qualitativos e quantitativos da pesquisa em Educação. Também é orientador de doutorado em Educação na Universidade de Sherbrooke, Canadá; e professor colaborador da Universidade de Estado de Tomsk, Rússia. No Brasil, trabalha também com Psicologia da Educação Matemática e Estatística da Unicamp (Campinas-SP); é colaborador de mestrado e doutorado em Educação e Matemática na PUC-SP; professor de Ciências e de Matemática da Universidade Federal Rural de Pernambuco, em Recife, e do Centro Universitário de Santa Maria. Possui experiência na área de Educação com ênfase em Métodos e Técnicas de Ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: novas tecnologias educativas; ambiente virtual de trabalho; ensino e aprendizagem da estatística e da matemática; autonomia, autoavaliação e autocorreção; e didática da matemática e da estatística.

Em 50 anos, Universidade soma nove títulos do gênero 

Mais nobre e de mais alto grau distintivo que uma universidade pode conceder, o título Doutor Honoris Causa homenageia personalidades que tenham contribuído de modo eminente para o progresso das ciências, letras ou artes ou prestado relevantes serviços à cultura. Em virtude do complemento dos 50 anos da instituição em 2017, a UCS optou por efetivar quatro outorgas do tipo este ano. As anteriores foram para o filósofo Diamante Nuccio Ordine e para o sociólogo Domenico De Masi, ambos italianos, em setembro, e para o professor de Direito argentino Miguel Armando Garrido, em novembro.

Com estas quatro concessões, a UCS totaliza nove títulos Doutor Honoris Causaconferidos em 50 anos de existência da instituição. Os demais foram para o ministro da Educação do Brasil em 20/12/1967, Tarso Dutra; o linguista e professor italiano Emílio Peruzzo Agnesin (08/10/1975); o ex-governador do RS, Euclides Triches (21/03/1975); o ministro da Educação da Argentina em 24/10/99, Manoel Guillermo Garcia Solá; e para o presidente do Uruguai em 13/05/2003, Jorge Batlle Ibáñez.

Assessoria de Comunicação da Universidade de Caxias do Sul